ENTRAR NO SITE
 
  Português   Español   English  
 
 


 
  Magias Rituais e Simpatias
 Título: Conceito Metafísica II Data: 8/10/2011
 

Por Helena Gerenstadt

Qual a explicação plausível para o que acontece de bom ou prejudicial em nossa vida?

A resposta é:

«Voce é a causa de tudo! É o centro de sua vida e senhor de seu próprio destino.»

Caso suas condições de vida não estejam a contento e ela esteja repleta de impedimentos, relacionamentos difíceis, escassez de recursos econômicos, doenças, etc., é sinal de que voce não está fazendo uso adequado de seus poderes naturais, os quais comandam seu destino.

Acatar a consciência metafísica é abandonar o pretexto de atribuir ao ex-terno suas frustrações internas; é reconhecer em si mesmo o referencial manifestatador que cria a realidade, atraindo para si tudo de bom ou ruim que lhe acontece na vida.

A vantagem dessa mudança é que voce resgata o poder natural e passa a ter capacidade para transformar as situações desagradáveis que estão à sua volta, alterando o curso de sua vida para melhor.

Se de um lado voce perde o álibi que justifica suas inabilidades, por outro adquire o poder interior de intervir nas situações externas. Essa postura vai tirá-lo da passividade e da dependência dos outros ou da concessão das forças naturais, proporcionando as condições internas necessárias para edificar uma vida nova.

Inicialmente voce pode estranhar essa nova concepção de vida.

Para muitas pessoas é difícil pensar assim, aceitar como verdade o fato de que são elas que põem em movimento tudo que lhes acontece e não mais responsabilizar alguém - nem mesmo Deus - pelo que se passa com elas.

Voce está disposto a encarar a vida por uma nova ótica? Isso exige parar de se colocar como vítima e se dar uma chance de estudar os acontecimentos por outro ângulo. Esta é uma tarefa que requer tempo, observação e dedicação, porém os resultados serão promissores.

Empenhar-se na reformulação interior é um importante passo para o sucesso e a realização pessoal. Essa conduta opera significativas mudanças em sua forma de pensar e agir.

Renovado interiormente, voce se tornará mais perspicaz para compreender o motivo de sua vida, seguir um caminho e não outro, e o significado de tantas adversidades. A vida não é estúpida nem inconseqüente, tampouco somos vítimas, mas sim os condutores de nosso próprio destino.

Mediante isso voce não deve se sentir culpado. Se sua postura ao longo da vida foi de omissão, assuma a responsabilidade. Ser responsável é ter habilidade natural de criar respostas, passando a conduzir sua vida de forma consciente. Lúcido de seu direito de escolha, voce vai agir com mais segurança, podendo evitar aborrecimentos e alcançar mais rápido a felicidade.

«Não confunda responsabilidade com obrigação».

Obrigação é forçar voce a fazer algo contra sua natureza, e responsabilidade é a consciência de seu poder de causar reações no mundo.

Ser responsável é reconhecer e respeitar os próprios sentimentos, usar de bom senso e assumir o direito de escolha, podendo dar ou tirar a importância do que acontece ao redor. Voce pode optar entre o positivo e o negativo de uma situação. Encarar os fatos com otimismo é considerar as perspectivas favoráveis, e com pessimismo é aceitar a derrota por antecedência. A qualquer momento voce pode acreditar ou desacreditar, só depende de voce.

Portanto...
«CUIDADO COM O QUE VOCE ACREDITA!»

Não é fácil admitir essa verdade. Reconhecer que nós mesmos somos causadores daquilo que deu errado. É cômodo crer que a vida não é boa, que as pessoas são responsáveis por nossa infelicidade, mas o difícil é admitir que não estamos fazendo o nosso melhor.

Quando tomamos essa consciência, ficamos numa encruzilhada. Podemos mergulhar na culpa, deteriorando nossa capacidade de agir, ou nos fortalecer com a consciência de que podemos mudar o curso de nossa existência através de uma atuação diferenciada na realidade, dando o nosso melhor para obter o melhor da vida.

Por um lado, a consciência metafísica tira-nos o álibi dos próprios insucessos; por outro, faculta-nos o poder de alterar o curso de nossa existência.

Podemos não ter um total controle para determinar os acontecimentos que nos cercam. De imediato, não podemos evitar, por exemplo, que uma pessoa querida se vá ou que os outros procedam de certa maneira que nos desagrada.

«Nosso poder está na forma como reagimos a tudo o que se processa ao redor».

As situações presentes refletem nosso desempenho no passado, aquilo que cultivamos outrora. A maneira como reagimos ao que se desenrola a nossa volta determina as condições futuras





por Helena Gerenstadt - gerenstadt@terra.com.br
Terapeuta Holística, atuando com a Numerologia Pitagórica e a Árvore da Vida, Tarot Egípcio, Reiki, Radiestesia e Radionica, e outras ferramentas. Ministrante de vários cursos - vide site www.agarta.com.br
Visite o Site do autor




 
 

 

tarô do amor - tarô das bruxas - tarô de Marselha - tarô da espiritualidade - tarô do trabalho - tarô do dia
tarô da sorte- tarô do sexo - bola de cristal - dadomancia -baralho cigano - dominomancia -jogo de runas
jogo de buzios - cartomancia - oráculo do amor - numerologia do amor - runas do amor -oráculo dos chakras