ENTRAR NO SITE
 
  Português   Español   English  
 


 
  Esoterismo
 Título: Metas, Sonhos e verdades Data: 26/7/2011
 



SONHOS E VERDADES

Por Helena Gerenstadt

É triste alguém com 40 ou 50 anos observar que está vivendo à espera da morte, assim como é frustrante ver adolescentes precocemente envelhecidos. Para essas pessoas, viver é simplesmente completar o dia, completar o mês, completar o ano, pois em seus corações já não carregam mais sonhos.

Os sonhos são o combustível da alma. São eles que nos estimulam a superar todas as dificuldades apresentadas pela vida e, através deles, estabelecemos metas para alcançarmos a felicidade. Ignorar essa força interior, que é inerente ao coração humano e lhe permite sonhar, é desperdiçar a vida. Afinal, viver é a arte de realizar sonhos!

E os sonhos são frutos de uma vocação interior - vocação vem de "vocatione" que significa chamado. Dentro de cada um de nós existe um chamado. Viver é realizar esse sopro divino, lembrança de nossa missão aqui, neste planeta. Quando a pessoa realiza um chamado, a vida flui serena e tranqüila, ainda, que com muito trabalho, pois isso faz parte do viver, mas sem a angústia da eterna busca mal-sucedida.

Quando a pessoa não escuta esse chamado, talvez porque a insegurança ou as pressões externas inibem sua força interior, a angústia de não haver encontrado seu caminho torna-se companheira constante. Entretanto, não abrace um sonho qualquer. Vá atrás do seu. Muitos não percebem que realizam os sonhos dos outros. É o caso do pai que quer que o filho tenha determinada profissão e luta nesse sentido sem se perguntar se é essa, de fato, a vocação dele. Os filhos não nascem para realizar os sonhos dos pais. Nascem para realizar as vocações de suas vidas. Saiba que toda pessoa que se deixa dominar acaba se esvaziando emocionalmente.

"Você não tem um sonho sem ter a capacidade de realizá-lo"- Richard Bach.

Se os sonhos são frutos de nossa força interior, é evidente que, sejam eles quais forem, sempre teremos capacidade de realizá-los. Por isso seja ambicioso:
Sonhe grande. Sonhos pequenos cansam, sonhos grandes motivam. Você pode ser um milionário, estar no auge de sua riqueza, mas se não tiver sonhos além do cotidiano, sua vida corre o risco de empobrecer.

Muitas pessoas têm sonhos fracos. Trabalham para ter dinheiro até o final do mês, tomar cerveja no fim de semana ou sair no sábado à noite. São sonhos pequenos. É fundamental que tenhamos sonhos grandes, pois nossa vida tem o tamanho dos nossos sonhos.

Muitos têm medo de ser criticados porque são ambiciosos e se envergonham de seus sonhos. Pensam que serão ridicularizados se tiverem um sonho grandioso, arrojado. É comum ouvir pais dizendo para os filhos: "Isso não é para você". Às vezes, a própria família e amigos acabam fortalecendo essa idéia: "Você não tem capacidade de realizar esse sonho".

Enquanto os perdedores julgam que determinado sonho não é para eles, o campeão pergunta-se o que ele precisa aprender para realizá-lo. Sua vida não muda quando seu chefe muda, quando sua empresa muda, quand
o seus pais mudam. Sua vida muda quando você muda. Você é responsável por ela.
Sonhar alto dá o mesmo trabalho, mas o resultado é melhor. Precisamos criar, dentro de nosso coração, sonhos que valham à pena.

Agora, quando você tem um grande sonho,precisa ter a capacidade de aceitar o trabalho que esse sonho exige. As pessoas querem sonhar, mas não trabalham para concretizar seu sonho. Não percebem a beleza desse processo. Existem pessoas que querem ter filhos, mas não o trabalho de acordar à noite para cuidar deles; querem ter amor, mas não o trabalho de estar sempre reelaborando o relacionamento; querem ter o próprio negócio, mas não assumir o planejamento estratégico da organização.

Quando uma pessoa não está disposta a trabalhar para realizar seu sonho, está abrindo mão dele. Se você teve o sonho é sinal de que ele é seu. Procure sua força interior para realizá-lo. Não espere que os outros decidam por você.

No entanto sonhar só não basta. Viva intensamente. Guardar a vida na geladeira não irá preservá-la. Não coma a vida com garfo e faca, lambuze-se. É por isso que tantas pessoas se sentem emboloradas na meia-idade. Elas guardaram a vida, não se entregaram ao amor, ao trabalho, não ousaram, não foram em frente.

Depois, chega um momento em que se conscientizam: "Puxa, passei fome para guardar essas batatas e elas apodreceram".

Não deixe sua vida ficar muito séria. Viva como se estivesse num jogo, saboreie tudo o que conseguir as derrotas e as vitórias, a força do amanhecer e a poesia do anoitecer.

Só existe uma pessoa capaz de limitar seu crescimento: você mesmo!






Helena Gerenstadt - gerenstadt@terra.com.br
Terapeuta Holística, atuando com a Numerologia Pitagórica e a Árvore da Vida, Tarot Egípcio, Reiki, Radiestesia e Radionica, e outras ferramentas. Ministrante de vários cursos -

Site da autora

www.agarta.com.br








 
 

 

tarô do amor - tarô das bruxas - tarô de Marselha - tarô da espiritualidade - tarô do trabalho - tarô do dia
tarô da sorte- tarô do sexo - bola de cristal - dadomancia -baralho cigano - dominomancia -jogo de runas
jogo de buzios - cartomancia - oráculo do amor - numerologia do amor - runas do amor -oráculo dos chakras